Venda de carros híbridos cai nos EUA; concessionários veem rejeição

AutoEsporte – A imagem caricata do norte-americano ao volante de um grande SUV ou de uma enorme picape a gasolina ainda está longe de sumir das ruas e estradas do país. Mesmo com todos os incentivos que os governos federal e estaduais oferecem aos consumidores para que comprem modelos híbridos -aqueles que possuem um motor a combustão e outro elétrico -, as vendas têm caído nos Estados Unidos desde 2008.

Segundo dados divulgados pela associação de concessionários, a National Automobile Dealers Association (Nada), com base em levantamentos das consultorias R.L. Polk e Ward’s Automotive, o volume de vendas desses híbridos fabricados por General Motors, Nissan, Ford, Honda e Toyota caiu de 315.688 unidades, em 2008, para 290.232, em 2009. Em 2010, baixou para 274.462 unidades. O pico das vendas desde 2001, quando o primeiro híbrido, o Toyota Prius, chegou ao mercado norte-americano, aconteceu em 2007: naquele ano foram emplacadas pouco mais de 350 mil unidades.

Leia mais Autoesporte.com.br

Deixe aqui seu comentário

comentários

Parceiros