Em Rio Branco, moradores adotam bicicleta por rapidez no trânsito

Capital do país com o maior número de ciclovias por habitante e por malha viária total, Rio Brancojá projeta implantar mais vias exclusivas para o meio de transporte. A ideia é construir ao menos 15 km a mais até 2015. Hoje, são 59,5 km de ciclovia, o que representa 7,4% da malha viária total (803 km) – 1 km para cada 6 mil habitantes. Além disso, há 14,5 km de ciclofaixas.

Para quem adota a bike para se locomover na cidade, ainda são necessárias novas vias, mesmo com o alto índice comparado a outras cidades. O professor de geografia Paulo Pontes, de 42 anos, leciona em uma escola pública no 2º Distrito de Rio Branco e é ciclista por opção há dez anos. Ele diz que a escolha teve três fatores primordiais: não poluir o meio ambiente, utilizar um meio de transporte rápido e prezar pelo bem de sua saúde, já que é diabético.

O professor relata, no entanto, que a compra de um carro é sempre cobrada pelos amigos, e uma ideia rechaçada por ele com convicção. “Alguns até dizem: ‘Paulo, você podia tirar um carro’. Mas um carro vai ser só mais um na cidade, poluindo. Então, como eu não quero isso, opto por ter uma bicicleta”.

Deixe aqui seu comentário

comentários

Parceiros