Prefeito de Manaus anuncia medidas de revitalização do Centro Histórico

O prefeito de Manaus, Artur Neto, assinou nesta quarta-feira (17), o projeto de criação no Zona Azul como alternativa aos problemas de estacionamento no Centro da capital. Artur também falou sobre a criação de oito Centros de Comércio Popular (CCPs) para abrigar mais de 3,4 mil camelôs, além de conceder aos comerciantes e prestadores de serviços neles instalados incentivos fiscais pelo prazo de dez anos na forma de isenção de Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), além das Taxas de Verificação de Funcionamento Regular.

O decreto assinado por Artur Neto viabiliza o Zona Azul. “Será algo extremamente benéfico para o trânsito, porque serão 15 mil vagas abertas no quadrilátero proposto”, disse. Segundo o prefeito, uma licitação será aberta para selecionar a empresa que vai controlar o sistema.

Para criar o Zona Azul, o Centro Histórico da capital deverá passar por várias mudanças que competem à revitalização e requalificação da área. Para isto, uma das principais ações deverá ser a retirada dos camelôs do Centro, deslocando os ambulantes para lugares com estrutura para vendas.

Os projetos enviados pelo executivo municipal à Câmara Municipal de Manaus (CMM) a respeito do Centro Histórico foram aprovados, fazendo com que os trabalhadores virem microempreendedores e visando revitalizar o Centro Histórico de Manaus, realocando os trabalhadores.

O primeiro projeto dispõe sobre a criação de oito centros de comércio para os ambulantes para abrigar mais de 3,4 mil camelôs. Já o outro visa conceder aos comerciantes e prestadores de serviços neles instalados, incentivos fiscais pelo prazo de dez anos na forma de isenção de Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), além das Taxas de Verificação de Funcionamento Regular.

O prefeito anunciou ainda projetos de revitalização das principais avenidas do Centro da capital – Eduardo Ribeiro e Getúlio Vargas, além da Avenida Constantino Nery. O projeto deve seguir a linha do apresentado para a nova Avenida Djalma Batista.

Deixe aqui seu comentário

comentários

Parceiros